Com mediação da Procuradoria-Geral do Estado, o protocolo foi avaliado, mas depende da autorização do governo do Estado para entrar em vigor

https://agenciapara.com.br/noticia/21738